segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Vestigius - Cais do Sodré

Em pleno Cais do Gás, bem ao lado do terminal fluvial do Cais do Sodré, e com uma vista direta sobre a água espelhada do Rio Tejo encontra-se o Vestigius. Espaço de convívio este restaurante/bar apresenta uma vasta oferta de tapas e vinhos, sem esquecer nunca a parte da mixologia, com um bar onde tudo pode acontecer.


Inaugurado em Novembro de 2013, o Vestigius é um espaço eclético, cuja identidade se forma através da sua forte componente cultural, gastronómica e vínica. É uma área cultural polivalente que, além do bar de vinhos e cocktails, tem também uma biblioteca de livros antigos, acolhe exposições, concertos e outros eventos, como sessões de cinema, palestras, workshops e tertúlias. Para acompanhar a grande diversidade de vinhos, o Vestigius dispõe ainda de uma extensa e renovada carta de tapas e petiscos. A esplanada permite que o visitante usufrua da sua localização privilegiada, mesmo nas margens do rio Tejo. Esmeralda e João Fernandes procuravam um espaço onde pudessem conciliar tudo aquilo que gostam. 


Quando descobriram o Armazém 17 abandonado à beira rio não pensaram duas vezes e assentaram as suas ideias ali mesmo. Trataram da sua recuperação e utilizaram grande parte das coisas que encontraram dentro do armazém, que devidamente recicladas fazem hoje parte da decoração do espaço. Por todo o lado existem vestígios das coisas que encontraram do armazém e também da sua ligação com o rio. Desde o gigante candeeiro na entrada feito de cordas que serviam de amarras aos barcos, às prateleiras suspensas com livros antigos. As paredes estas, um pouco mais despidas servem também de galeria de arte, onde se expõem temporariamente obras de artistas. As mesas e as cadeiras são uma de cada nação, o que traz ao espaço um ambiente simplista e confortável que dá vontade de passar horas afim, seja no seu interior, ou numa das duas fantásticas esplanadas que possui.


O crescimento do espaço tem sido notório e os proprietários já estão a preparar o futuro. Neste momento, a aposta vai ser interna: mais lugares sentados, crescimento na área dos vinhos, a qual é considerada a espinha dorsal do Vestigius e cuja carta tem cerca de 216 vinhos, entre tintos, brancos, rosés, espumantes e colheitas tardias, e cerca de 35 disponíveis a copo. Na área da gastronomia estão a ser apresentadas algumas novidades. Foi contratado um novo chef que já está a elaborar uma nova carta de tapas e montaditos. O chef Carlos Augusto é especializado nesta área, sendo que já ganhou por duas vezes o prémio da Rota das Tapas, sugerimos as suculentas gambas à guilho, os mexilhões à bolhão pato e o pica pau. As tábuas de queijos e enchidos também são uma excelente opção para picar, enquanto se desfruta de um bom vinho. A aposta nos cocktails também tem sido forte. O barman, Ricardo Mendes, já é reconhecido pelos seus pares internacionais, com as suas criações únicas, brincando um pouco com os clássicos e dando-lhes o toque contemporâneo que eles necessitam. Se precisam de mais razões para conhecer este espaço, não se esqueçam que se encontra à beira rio, numa cidade com cerca de 300 dias de sola por ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário