quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Forno D'Oro ganha "estrela Michelin" das Pizzas

Todos gostamos de pizza, mas até agora poucos de nós tínhamos tido a oportunidade de provar uma "vera pizza napoletana". Desde dia 24 de setembro que se tornou uma tarefa mais fácil fazê-lo. O restaurante Forno D'Oro, situado no número 16B da Rua Artilharia 1 recebeu o mais alto galardão no que diz respeito à confeção da "vera pizza napoletana", a estrela Michelin das pizzas.



Aberto em janeiro de 2015, o Forno D'Oro desde logo se impôs como o destino por excelência para a degustação de uma pizza de qualidade superior. Aclamado pela crítica e pela opinião dos seus habituais clientes, e defendendo a máxima dos aclamados Chefs pizzaiolos Enzo Coccia e Franco Pepe (dois dos mais conceituados em Nápoles), que "a pizza é o sol do prato", só faltava mesmo ao Chef Tanka Sapkota, mestre pizzaiolo do Forno D'Oro, esta nobre distinção da AVPN (Associazione Verace Pizza Napoletana), que lhe foi entregue no passado dia 24. Esta é a confirmação de que as pizzas do Forno D'Oro seguem, nos seus ingredientes e nas suas várias etapas de confeção, todas as regras que se impõem para uma pizza genuína e de alta qualidade. Para o Chef Tanka, natural do Nepal, este é o culminar de mais de duas décadas de provas dadas e de incessantes pesquisas, da frequência das melhores escolas de alta gastronomia italiana e da colaboração com os mais prestigiados chefes de Nápoles e Roma, recriando a única receita de pizzas que em Portugal é feita de forma original e matriz napolitana. E que fórmula é esta? Bem, para começar a massa das pizzas deve ser confecionada somente com fermento biológico e natural e uma levedura mãe, como aliás acontece há 11 gerações nas mais importantes pizzarias de Itália, e de onde Tanka trouxe a levedura mãe que usa no seu restaurante, isto faz com que as pizzas sejam mais leves e "saudáveis". após uma lenta fermentação que dura cerca de 36h, a massa é estendida e são colocados sobre a mesma os ingredientes com o selo DOC (denominação de origem controlada), tanto italianos, como portugueses, sendo depois cozidas durante 70 segundos a 480º num forno dourado que dá o nome ao restaurante, e que foi construído por Stefano Ferrera, considerado o maior especialista italiano nesta arte. Com todos estes fatores, as pizzas são finas, gulosas, leves e de digestão fácil, tal como manda a lei napolitana.



Como se não bastasse, este galardão foi entregue em mão na cerimónia pelo vice-presidente da AVPN o Chef Lello Surace, e com a presença do embaixador de Itália em Portugal Sr. Giuseppe Morabito, enquanto se degustava algumas das especialidades da casa, como se de uma viagem pela história da pizza se tratasse, e muito bem acompanhados pelas maravilhosas cervejas artesanais disponíveis. Para terminar em beleza tartufo di cioccolato, tiramisú, sorbetto al limone e panna cotta, adoçaram os mais gulosos. Este foi o terceiro ano consecutivo que o nosso país conquista esta distinção, tendo sido já anteriormente atribuída à Pizzeria Pulcinella em Matosinhos, e à Mercantina em Alvalade. Para todos os fãs de pizza o Forno D'Oro é mais que recomendado, para quem não é fã é um restaurante obrigatório pois certamente vão mudar de ideias. Aberto todos os dias ao almoço e ao jantar, das 12h às 15h e das 19h às 23h, é aconselhável reservar (213 879 944).

Sem comentários:

Enviar um comentário