sexta-feira, 3 de julho de 2015

Sushi Fest - E quando o que seria perfeito, não corre como previsto

Começou ontem a primeira edição do Sushi Fest. Sim dizemos primeira, porque apesar de nem tudo serem rosas, e de as coisas terem corrido ao género da Lei de Murphy, acreditamos que tudo poderá ser melhorado.

Fotografia da organização
Pouco passava das 20h quando deu para perceber que algo se passava, as filas iam crescendo, e os incansáveis cozinheiros não conseguiam dar vazão às mesmas. De inicio tudo estava a ser levado de um modo descontraído, mas o tempo foi passando e não se via evolução no serviço, que demorava cerca de duas horas desde que se entrava na fila, até que se saia de lá com o primeiro prato combinado de 20 peças. Na área denominada de VIP, o panorama era o mesmo, as pessoas amontoadas tentavam chegar a uma ou outra peça de sushi que por ali passava, mas a maioria sem sucesso.

Este é sem dúvida um projeto ambicioso e muito difícil de se realizar, contudo para que corra bem, às vezes a primeira experiência tem de correr mal, só assim se aprende com as falhas. Certo que quem comprou os bilhetes (a preço normal) entre os 60€ (normal) e os 90€ (VIP) se deva sentir frustrado, mas também acreditamos que se reclamarem, a quem de direito, tudo terá uma solução. Em comunicado à agência Lusa, a organização disse "Por se tratar do primeiro festival de sushi, com exigentes medidas de segurança alimentar e do primeiro dia de evento, o Sushi Fest foi alvo de uma rigorosa fiscalização tendo demonstrado cumprir todas as normas de controlo alimentar. Foram já efetuados todos os ajustes necessários para que a situação seja regularizada e para que nos próximos dois dias a experiência esteja ao nível das expectativas de todos os que nos visitarem". Sabe-se também que quem fez reclamação estar a ser contatado individualmente, contudo ainda não se sabe se vai existir qualquer tipo de ressarcimento. 

Sem comentários:

Enviar um comentário