sexta-feira, 24 de abril de 2015

Sharish GIN

Parece que foi ontem, mas faz hoje um ano que António Cuco lançou o seu Sharish. Por vezes a vida prega-nos rasteiras, mas António viu na sua não colocação numa escola como professor o estimulo necessário para se atirar de pés e cabeça à alquimia. 



De apreciador devoto de Gin passou num ápice para produtor, e o seu Sharish não é um produto qualquer, é um exclusivo lentamente destilado em Reguengos de Monsaraz no Alentejo, mas de alma portuguesa, incorporando na receita maça bravo de esmolfe oriunda da zona de Viseu. O lema da marca assenta num jogo de palavras que cruza a forma "100% artesanal" com que António fabrica a bebida com a reputação dos alentejanos, que considera ser injusta, como filho da terra. "Se fosse feito em Lisboa ou no Porto continuaria a ser lentamente destilado", pois o processo demora várias horas, e na produção, só a máquina de engarrafar "é semiautomática". 

É certo que quando colocamos o melhor de nós naquilo que fazemos o sucesso é garantido, mas para António e o seu Sharish isso não é suficiente, há que marcar pela distinção e fazer o que ainda não foi feito, com base neste pressuposto, e cerca de meio ano após o lançamento da "versão original" saiu uma edição limitada de Sharish pêra rocha, e agora para comemorar o primeiro aniversário da marca, António não tem uma, mas duas edições especiais para colocar no mercado. A primeira (apenas vendida online) trata-se de uma edição numerada de apenas 383 garrafas magnum de 2L, com um certificado de autenticidade assinado por um notário para dar valor ao artigo de coleção. Cada garrafa é desenhada à mão, e a ideia é não abrir a mesma, contudo como a tentação é muita, é possível que seja lançada a mesma receita em garrafas de 0,5L para que se possa provar, isto porque à receita original do Sharish, António juntou cardamomo, em homenagem à sua cara metade. A segunda estará disponível nas lojas habituais em formato de 0,5L e chama-se Sharish Blue Magic. Entre os botânicos podemos encontrar morango e framboesas frescas, fazendo deste Gin, um Gin com um toque mais feminino. A estrela deste Gin é uma flor de nome Clitoria Ternatea que confere ao Gin um tom azul usando o corante natural da mesma, e que em contacto com o cítrico da água tónica faz magia e fica com tons de rosa. Poderá provar o mesmo nos melhores bares de Gin em Lisboa.

Na continuação das celebrações do primeiro aniversário, e pela primeira vez, a destilaria do Sharish estará aberta para visitas em modo open weekend nos dias 25 e 26 de Abril nos seguintes horários: das 10h ás 12h30, e das 15h às 20h (não necessita marcação). Não perca a oportunidade de conhecer este processo artesanal e de felicitar o António e toda a sua equipa. Nós aproveitamos desde já para dar os nossos Parabéns.



Sem comentários:

Enviar um comentário