terça-feira, 21 de abril de 2015

MEO OUT JAZZ

Está a chegar mais uma edição daquele que já é um festival de referência na nossa cidade. A 9ª. Edição do MEO OUT JAZZ regressa no dia 2 de maio à capital para renovar energias e garantir que ano após ano a música reclame um novo recanto de Lisboa. 


Pelo quarto ano consecutivo, o MEO alia-se à iniciativa garantindo a presença da odisseia musical pela cidade durante cinco meses, de Maio a Setembro. Perto de celebrar uma década de existência, o evento que detém um lugar de destaque na agenda de residentes e turistas, regressa aos jardins, às praças, aos miradouros, às alamedas e às ruas da cidade.

Para dominar o stress citadino com swing, os acordes ressoam este ano aos fins-de-semana. Aos sábados, num género mais intimista, a partir das 17 horas em espaços tão distintos como o Jardim Japonês, em Belém, o Cais das Colunas, o Jardim da Graça, a Quinta das Conchas, o Jardim das Amoreiras, o Miradouro de São Pedro de Alcântara ou as escadarias da Bica. Aos domingos, também pelas 17 horas, bandas e DJ’s animam as tardes lisboetas até ao pôr-do-sol com um ambiente festivaleiro descontraído e relaxado. Um convite à animação, em família ou com amigos. O último dia de cada mês está reservado à renovada Praça do Martim Moniz, que em três anos se consagrou um dos pontos de encontro de excelência da capital, e que concretiza o conceito do evento: a fusão de géneros, sonoridades, espaços e pessoas.

Este ano o MEO OUT JAZZ traz novidades. Para além de marcar presença em Lisboa, irá atravessar a Ponte 25 de Abril, a caminho do sul, para presentear todos os interessados com três sábados de concertos e DJ set nos espaços mais emblemáticos do Troia Resort. No dia 27 de Junho no jardim do norte, a 25 de Julho no Beach Club, e a 22 de Agosto no campo de futebol.

O evento conta com o habitual apoio da NCS e da Câmara Municipal de Lisboa pela defesa de uma capital cosmopolita que cruza estilos de vida, pessoas e culturas, garantindo qualidade de vida ao ar livre e entretenimento durante 22 dias. Para tal, é necessária a contribuição de todos os participantes para a promoção de um evento sustentável, preservando o ambiente e o património. Sem lixo, respeitando cada pedaço de Lisboa que nos reflete e pertence. 





Sem comentários:

Enviar um comentário