quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Provar Lisboa - Viva Lisboa

O galardoado estrela Michelin Chef Miguel Laffan do restaurante L'and Vineyards em Montemor-o-Novo chegou à capital para assinar a carta do Viva Lisboa. Mas não veio sozinho, com ele trouxe o Chef Pedro Santos Almeida, um seu discípulo, para liderar a cozinha. 



Situado no Hotel Neya, no nº77 da Rua Dona Estefânia (perto do Saldanha), mas com porta aberta para a rua, O Viva Lisboa é uma das mais recentes apostas na gastronomia da cidade. Com uma decoração simples e moderna, a sala ampla é abraçada pela luz de Lisboa que a inunda através das suas enormes janelas. As mesas em tom escuro e as cadeiras que se misturam entre si num padrão étnico dão um toque de conforto minimalista e muito agradável ao espaço. A cozinha é ao estilo do Chef Miguel Laffan. Fusão, com ingredientes e sabores maioritariamente alentejanos, mas com um toque asiático, adaptados à realidade de um restaurante citadino. Já o toque do Chef Pedro Santos Almeida faz-se sentir com as técnicas francesas, tanto modernas como antigas, não esquecendo também a influência asiática em ingredientes de eleição como o gengibre e a erva cidreira. Em suma, uma mistura de sabores alegres e misteriosos. 



A carta é uma autêntica viagem de degustação. Vai haver um menu de almoço que muda diariamente e que vai ser concebido pelo Chef Pedro no valor de 11,90€. Existe também a hipótese do menu de degustação, e nele podemos encontrar a sopa de peixe com camarão tailandês, o brás de vieira e shitake trufado, migas e lascas de bacalhau numa salada morna de tomate e mexilhão, bochecha de porco preto num puré de batata trufado com cogumelos selvagens, e para terminar o repasto, o brownie de chocolate com gelado de manteiga de amendoim. Tudo isto pelo valor de 45€ tanto ao almoço, como ao jantar. Podemos ainda escolher pela carta, destacando pratos como o escalope de foie gras em brioche caseiro sobre uma salada quente de pêssegos e manjericão da autoria do Chef Pedro; o pregado assado numa caldeirada com raviólis de três pimentos e o lombo de borrego com tagine de legumes e batata-doce com iogurte e hortelã, um best-seller e um clássico do L'and.

Francisco Lorite, diretor geral do Viva Lisboa considera que "a aposta no Chef Miguel Laffan para remodelar a carta e o posicionamento do restaurante foi claramente positiva. O facto de o Chef Miguel propor uma das pessoas fortes da sua equipa aqui no restaurante deixa-nos a garantia de consistência no trabalho desenvolvido e permanente evolução que pretendemos.

A ter em conta:
- Horário: Diariamente das 12h00 ás 23h00
- Reserva: Poderá fazer a sua reserva pelo 213 101 801 ou pelo email info@vivalisboa.pt.
- Preço: Entre 20€ a 30€ p/pessoa com prato e bebida excluindo os menus acima mencionados
- Qualidade: Ter uma carta idealizada e com consultoria de um Chef estrela Michelin diz-nos tudo
- Atendimento: Atencioso e informado.
- Estacionamento: Na rua encontra-se lugar com alguma facilidade.

5 comentários:

  1. Alguém que altere o nome do blog para Provar Lisboa, já que Pensar, pelos vistos, dá muito trabalho.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo, pode sempre pensar por si, ou não tem capacidade de o fazer sozinho?

    ResponderEliminar
  3. E qual foi o raciocínio lógico que sustentou tal inferência, Miguel? Em nenhuma parte é dito que o Anónimo não pensa por si próprio.

    ResponderEliminar
  4. Adoro quando um anónimo defende outro anónimo. Ou será o mesmo anónimo a auto defender-se. Gosto também das palavras caras do segundo anónimo. Anónimos, animem-se, pensar ou provar a cor deve de estar lá

    ResponderEliminar
  5. É a chamada 'unidade colectiva'.

    Já dizia o Vasco: "Miguéis há muitos, seu palerma!"

    ResponderEliminar