sábado, 3 de janeiro de 2015

Lisboa Cultural - As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos

É verdade, o público pediu e Juvenal Garcês voltou a concretizar. No ano em que comemora a maioridade desde que subiu aos palcos pela primeira vez "As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos" estão de volta para uma pequena temporada.


"É a peça com a carreira mais longa em Portugal" escreveu o jornal Público, e é verdade, foi em 1997 que Juvenal Garcês encenou e colocou pela primeira vez no palco do Teatro Mário Viegas, o genial texto escrito por Adam Long, Daniel Singer e Jess Borgeson, e traduzido para o nosso Português pela Célia Mendes. Ao longo destes 18 anos correu o País, com salas cheias, deliciando cerca de 300 mil espectadores, tornou-se num espectáculo incontornável que marcou gerações, e é por isso tempo de o voltar a colocar num palco, mesmo que por um período curto, com as interpretações de André Nunes, Tiago Aldeia e Telmo Ramalho. 

Das tragédias às comédias, passando pelas peças históricas e até mesmo pelos sonetos, As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos, revisitam as 37 obras do dramaturgo Inglês a uma velocidade vertiginosa, com o público a ser parte integrante da ação. Estará em cena de 15 de Janeiro a 15 de Fevereiro no Teatro Tivoli BBVA na Avenida da Liberdade em Lisboa de quinta a sábado pelas 21h30, e aos domingos pelas 16h30. Os preços vão dos 10€ aos 15€, dependendo do sitio escolhido, contudo às quintas o valor é único (10€) sem lugares marcados.

Há espetáculos que são um verdadeiro fenómeno. Este é um deles 

Sem comentários:

Enviar um comentário