sábado, 30 de agosto de 2014

Belém

Em Belém cresci, estudei, aprendi a andar de bicicleta, esfolei os joelhos, levei meus amigos turistas, fui à bênção das fitas da minha alma mater.
Assisti à assinatura do Tratado de Lisboa e tenho vagas recordações do aparato aquando da adesão à CEE.



Em Belém assisti a inúmeras funções de Estado, participei em ações da Junta de Freguesia se Santa Maria de Belém e até em magustos, entre amigos, cortei e assei castanhas.
Sempre fascinado pela proximidade do Rio Tejo à História de um Portugal ensinado na sala de aula.
Assisti à construção do polémico CCB, fui à sua inauguração e ali também já disfrutei em boa companhia da degustação de excelente arte.
Parece que agora um Vereador com o chefe ausente, teve mais uma das suas brilhantes ideias.
Não muito longe de Belém, me indignou a transformação de uma alegoria a revoluções passadas, pintadas num muro, em local de rentável publicidade.
O Passado, seja-me conveniente ou não, é para se manter.
Evocações políticas de falta de sentido não me dizem nada.
Parece que inovações eleitoralistas, disfarçam o trabalho de quem ausente, reprime quem, sempre sob sua alçada, quis marcar Lisboa pela sua mão.
É triste. Mas uma ação tem sempre uma reação, e o Povo, soberano, quer lá saber de uma CML que se esqueceu do que é importante em Lisboa. Esse Povo, que tem em sua consciência a eleição deste executivo inconsequente, delirado e ultrapassado; afinal preocupa-se.
Valha-nos isso. Nem que seja por agora.

Também aqui.


2 comentários:

  1. Bem, nem deixaram agosto chegar a bom termo e já voltaram à vossa habitual masturbação politica.
    Atentai povo de Lisboa, a rentrée dos palas imberbes está aí.
    Disponível num blog, facebook page e, pelos vistos, "jornal" online de conteúdo e idoneidade extremamente duvidosa perto de si.
    Alegrai-vos alfacinhas, os laranjinhas voltam às latrinas politicas.

    ResponderEliminar
  2. Boas vindas de férias! Já era com saudade que não lia a máquina do Rato a funcionar. Se bem que agora; a duas velocidades. Cumprimentos.

    ResponderEliminar