quinta-feira, 19 de junho de 2014

O Socialismo é caro! Não se enganem.

O João Villalobos comenta assim no Facebook:




Há um António Costa que promete do alto da sua omnipotência salvífica mais riqueza para o país. E há um António Costa que vai aumentar taxas porque é incapaz de gerar riqueza na Câmara. Surpreendentemente para os menos atentos, os dois são um e o mesmo.


Isto de Novembro de 2013:

O presidente da Câmara de Lisboa anunciou que o executivo municipal pretende aumentar, já a partir de 2014 e de forma “estrutural”, “algumas taxas municipais”. O autarca garante que esta é a única forma de enfrentar o “violentíssimo corte” na receita que o município vem sentindo ao longo dos últimos anos, sem aumentar a carga fiscal sobre as famílias e as empresa.
O anúncio foi feito nesta terça-feira, durante a primeira reunião da Assembleia Municipal de Lisboa depois das eleições de 29 de Setembro. Referindo-se ao orçamento camarário para o próximo ano, António Costa sublinhou que este encerrará “um desafio”: “manter o equilíbrio das contas” sem comprometer a existência de “um quadro fiscal competitivo”, que funcione como “um factor de competitividade e de atractibilidade de que Lisboa tanta precisa”. (...)

Há pois é...
Não há Rosas grátis.

Sem comentários:

Enviar um comentário