sexta-feira, 6 de junho de 2014

Jovens casais estão a regressar à cidade de Lisboa e a reabilitar imóveis antigos

Os jovens casais estão a deixar as áreas metropolitanas de Lisboa e a regressar à cidade para morar, optando por reabilitar casas antigas, revela um estudo de uma agência de publicidade BBZ.

Vítor Tito, director-geral da BBZ, afirmou à agência Lusa que os jovens casais “começam a valorizar o facto de poderem viver perto de onde trabalham”. Isto deve-se também a uma óptica de custos, “porque viver na margem sul começa a ser relativamente caro – as portagens, o combustível, as deslocações… e a rede de transportes públicos não é solução”, explicou.

Esta tendência não está a ser acompanhada pela construção de casas novas, mas sim pela reabilitação de imóveis antigos. Assim, os jovens casais optam por comprar uma casa por 50 ou 60 mil euros para a renovarem, sendo as zonas mais escolhidas por estas famílias, as Avenidas Novas, em Campolide e em Campo de Ourique onde há “um número significativo de habitações devolutas”, pelo que são estes os bairros mais procurados.

Bom para Lisboa, bom para as pessoas!

Ver notícia completa aqui.

1 comentário:

  1. Uns querem regressar ou permanecer, outros querem sair de Lisboa.
    O Costa só decide em Setembro

    ResponderEliminar