quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Os Lisboetas são muitos injustos para com António Costa...




Passam a vida a queixar-se da falta de espaços verdes...
Porém, Lisboa tem, até, espaços verdes "verticais", uma ideia inovadora que só podia ser posta em prática por uma excelsa equipa, como é a de António Costa...

Num edifício "Património Municipal", pois claro...

As pessoas são pobres e mal-agradecidas...

Já agora, "isto" fica em plena Rua da Atalaia, Bairro Alto, onde os turistas podem ver esta "maravilha" da modernidade arquitectónica...

:)

27 comentários:

  1. Ahahahah... muito bom! Mais um postzinho palerma, bem à maneira dos carneirinhos jotinhas.

    O aprendizado nas fileiras jovens dos partidos continua de se lhe tirar o chapéu... mascaram-se de "Pensadores", mas pensar sabem pouco. Sabem apenas a cantilena do costume.

    Enfim, são jovens e não sabem bem o que fazem...

    ResponderEliminar
  2. Mais uma vez e de novo, o comentario centra-se no perfil do escritor em vez de se centrar no conteudo da mensagem.

    De novo e mais uma vez, o comentário é apenas mais uma prova da degradação moral e cultural, reveladora de falta de inteligencia, do nivel de debate politico neste pais.

    Realmente, a liberdade de pensamento e de expressao provoca muita urticaria mental...

    ResponderEliminar
  3. Pedro, mas alguém te chamou para a conversa?

    ResponderEliminar
  4. Meu caro João Franco... Bom julgador por si se julga. Afinal, sem me conhecer de lado nenhum, afirma que eu sou um "carneirinho jotinha". Não sou. Nunca fui. E se a questão é o PSD, nunca serei...

    Se António Costa "ganhou" Lisboa como ganhou, isso deve-se necessariamente ao facto de o PSD não ter feito oposição a nada nem a ninguém, escolhendo para candidato quem nunca teve qualquer possibilidade de vencer as eleições em Lisboa. Como aliás foi notório.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  8. jfd, em vez de passares o dia a coçar os tomates e a apagar "pensamentos" no vosso blog, simplesmente por não concordares com eles, fazias melhor em ir ler a vossa Carta Ideológica, não?

    ResponderEliminar
  9. tens razão...
    sendo que o teu pensamento é?

    ResponderEliminar
  10. Naturalmente que não há lapis azul no Pensar Lisboa...

    A liberdade de expressao e de pensamento é um direito natural inalienavel e demasiado precioso. Por isso é que gosto tanto de anonimos, sao uma peça

    ResponderEliminar
  11. Deste-me quatro (4) minutos para responder a tua pergunta, antes de retirares a tua conclusão.

    És um mãos largas, está visto.

    Mesmo assim, é uns minutos acima do tempo que duras, no que toca a fornicação.

    ResponderEliminar
  12. anónimo apesar do meu inesperado relogio continuo sem resposta...

    ResponderEliminar
  13. Caro anonimo,

    Como sempre, e assim espero eu sempre, o bom senso ira imperar para uma discussao proveitosa.

    Noto apenas que, dos lados dos comentadores anonimos, ainda nao houve uma linha de pensamento sobre o conteudo do post. Afinal, é isso que interessa e nao questoes laterais

    ResponderEliminar
  14. Muitos anónimos há a quem deleei coments... Decisão minha, não do blogue. Este tem mais paciência que eu para aqueles.

    ResponderEliminar
  15. Bem, do lado do Pedro Miguel S.M. Rodrigues também não existiu ainda linha de pensamento sobre o conteúdo do post... contudo, os seus posts não foram apagados.

    Afinal, é isso que interessa e nao questoes laterais.

    Compreendo, uma vez que a censura é levada a cabo pelo seu camarada, pelo que é de esperar alguma derrapagem no que toca a apagar "pensamentos" internos.

    ResponderEliminar
  16. E quem lhe dá esse poder, jfd? Uma vez que nem é o criador deste "pensamento".

    Não caberia ao palaDINO, a supervisão dos comentários no seu "pensamento".

    Pelos vistos a sua consciência encontra-se acima da consciência colectiva do Pensar Lisboa.

    Bom saber quem manda nisto.

    ResponderEliminar
  17. Caro anonimo,

    Nao é minha competencia neste post ditar palavras sobre o seu conteudo. Para isso, tenho varios posts escritos ao longo da historia do blogue sobre este problema. É so consulta-los.

    Quanto ao resto, cada um age na sua liberdade, cada um com a responsabilidade na sua consciencia

    ResponderEliminar
  18. Anónimo dÊ um bem haja ao comentário supre

    ResponderEliminar
  19. "Noto apenas que, dos lados dos comentadores anonimos, ainda nao houve uma linha de pensamento sobre o conteudo do post."

    Ora, o Pedro queixa-se que os anónimos não tecem comentários sobre o conteúdo do "pensamento".

    Mas o mesmo Pedro não tece também qualquer comentário no âmbito temático do pensamento. Isto após 4 comentários, e sendo que o segundo comentário do "pensamento" é seu. Defende-se evocando a sua liberdade e não ser da sua competência comentar o conteúdo do pensamento.

    Não consigo entender a linha de pensamento desta argumentação.

    Mas valia andares a apagar comentários, como faz o seu camarada jfd.

    ResponderEliminar
  20. E continuam a remover comentários... desta feita, nem deixam a nota "Este comentário foi removido por um administrador do blogue.".

    Já nem ficam satisfeito com o lápis azul, é mesmo politica de terra queimada.

    ResponderEliminar
  21. jfd é diferente de Pedro...
    assumam as vossas criticas

    ResponderEliminar
  22. Caro/s anónimo/s,

    Repito o que já disse. Ao longo dos comentários deste post, que aborda um tema muito importante e problemático da cidade de Lisboa, mais se discutiu a pessoa e a sua filiação partidária, do que o tema do post propriamente dito.

    Assim o disse no meu primeiro comentário, assim repeti no seguinte, assim o repito agora.

    Do mesmo modo digo o mesmo, porque assim me "obrigam": o presente post não é da minha autoria, logo, não é da minha competência comentá-lo. E, mesmo que fosse, eu já escrevi ao longo do blogue vários posts que abordam o problema da reabilitação urbana e o péssimo e inexistente trabalho existente nesta área por esta edilidade.

    Assim, para saber o que penso sobre este problema, é consultar o arquivo dos meus posts. Não gosto de me repetir. Se o/s anónimo/s não têm paciência para esse trabalho de pesquisa, apenas posso lamentar.

    Obrigado pela vossa participação. E se possível, que continue de forma construtiva. Todos temos a ganhar

    ResponderEliminar
  23. ups... é impressão MINHA ou um comentário de um anónimo foi com o vento?

    ResponderEliminar
  24. A sério? Mas há quem se dê ao trabalho de discutir a minha filiação partidária?

    E nenhum discutiu as minhas eventuais ideologias políticas?

    Porque há quem só tenha filiação, e nunca terá ideologia...

    ResponderEliminar