segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Ryanair

Boas notícias! Lisboa - Bruxelas/Paris/Londres vão ver os seus preços descer! Viva a concorrência...



A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou hoje que, a partir de Novembro, vai começar operar no aeroporto de Lisboa, iniciando rotas para Londres, Bruxelas, Paris e Frankfurt.
O anúncio foi feito pelo vice-presidente executivo da Ryanair, Michael Cawley, que, em conferência de imprensa, em Lisboa, recordou que a companhia estava em conversações com a ANA - Aeroportos de Portugal (gestora dos aeroportos portugueses) para operar no aeroporto da Portela.
"Em Novembro, vamos começar quatro novas rotas de e para aeroportos que não eram servidos: Stansted (Londres), Charleroi (Bruxelas), Beauvais (Paris) e Hahn (Frankfurt)", disse Michael Cawley.
As novas rotas começarão a operar a 26 de Novembro e estarão disponíveis para reserva a partir desta terça-feira.
A companhia aérea de baixo custo ('low cost'), que já opera nos aeroportos do Porto e de Faro, vai passar a disponibilizar, a partir de Lisboa, dois voos diários para Stansted, três voos semanais para Hahn e quatro voos semanais para Charleroi e para Beauvais.
"No total, estas quatro rotas terão 50 voos semanais, com mais de 400 mil passageiros a serem transportados por ano, criando 400 postos de trabalho aqui, em Lisboa", destacou o responsável.
O vice-presidente executivo da Ryanair escusou-se a adiantar pormenores sobre as condições que foram negociadas com a ANA para o início da actividade no aeroporto de Lisboa, alegando que as mesmas são "confidenciais".
Michael Cawley afirmou que a companhia tem "muita ambição" para o aeroporto de Lisboa e pretende expandir a sua actividade no futuro, mostrando-se esperançado de que a Ryanair possa ter uma base no aeroporto da Portela, à semelhança do que já acontece actualmente no Porto e em Faro.
"Temos aumentado o tráfego de passageiros nos aeroportos do Porto e de Faro e tencionamos fazer o mesmo em Lisboa", afirmou, acrescentando que a Ryanair espera poder aumentar o tráfego em Lisboa "entre 30% a 40%".
A Ryanair está em Portugal desde 2003 e, com as novas quatro rotas anunciadas hoje, vai passar a disponibilizar 71 rotas.
Lusa/SOL

Sem comentários:

Enviar um comentário