segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Feira Popular


Quem passe por Entrecampos, olha sempre com um misto de saudosismo e lamento para o cenário em que vemos aquele enorme descampado, onde outrora brilhou a Feira Popular.

Mais do que lamentar não existir o não funcionamento da Feira Popular, percebemos que de há 6 anos para cá tudo está na mesma. Estamos em tempos de eleições. Por Lisboa é ver buracos a serem tapados e obras a serem feitas de Junho a Setembro, nessa eficiência tão lusitana.

Do outro lado, Pedro Pinto candidato a Presidente de Câmara em Sintra lança a ideia de puxar para esse concelho a “nossa” Feira Popular. E faz bem como defensor do concelho por onde se candidata. 

Mas, assim vai Lisboa. E pensar que já outros quiseram realmente resolver este problema que se arrasta e não tem fim.

Olhamos para tudo isto e percebemos que temos uma cidade dominada pelos interesses imobiliários. O resto é conversa. 

É triste. 

1 comentário:

  1. É claro para todos que esta cidade vive dominada pelos interesses imobiliários. Sobretudo aqueles que levam ao colo António Costa.

    Por isso a tentativa de parar Seara. Chega disto em Lisboa.

    ResponderEliminar