terça-feira, 9 de abril de 2013

Primeira Hasta Pública no âmbito do Programa "Reabilite Primeiro, Pague Depois"

Antes de mais, dou os Parabéns ao Executivo da Câmara Municipal de Lisboa, por ter finalmente feito algo em torno dos prédios devolutos.

No entanto, é de facto extraordinário que só após 6 anos de mandato a CML faça algo com vista a resolver os imensos casos de edifícios municipais em mau estado de conservação.

O programa, ora em causa, "Reabilite primeiro, pague depois", está plasmado no documento intitulado "Estratégia de Reabilitação Urbana de Lisboa - 2011 / 2024."

Pode ler-se nesse documento,  "Pretende-se lançar um conjunto de hastas públicas, que poderá englobar vários ou apenas um edifício, em que o  pagamento ao município apenas se processa com o início do ressarcimento do investimento."

Ora até ao momento só se realizou uma hasta pública, em que a CML conseguiu vender 24 prédios.


Fico contente que a CML tenha acordado para o verdadeiro problema que assola a nossa cidade, a imensidão de prédios devolutos!

A título informativo:


Está a decorrer a nova Hasta Pública que se encontra disponível para consulta no site  ver em “COMO FAZER”/ “venda”/ “Hasta Pública n.º 5/HP/CCM/DP/2013” ], os tempos de licenciamento, para execução das obras e comercialização, assim como os valores base de hasta pública dos três prédios abaixo descriminados: 
Cod. SIG
Morada Principal
Freguesia
A.B.C. Máx.
Preço Base de Licitação Atualizado
Prazos estimados mínimos (meses)
Prazo de Pagamento (meses)
Obra  + Comerc
Projeto
0602303003001
Rua dos Anjos, 40 a 44
Anjos
1.240,00 m2
480.000 €
22
6
28
1702002007001
Travessa do Moinho de Vento, 15
Lapa
704,00 m2
348.000 €
20
6
26
1900109012001
Rua da Madalena, 129-137
Madalena
1.643,32 m2
966.000 €
22
6
28

Salienta-se que as visitas aos prédios ocorrera apenas no dia 15 de abril no período compreendido entre 9h-13h e as 14h-17h.
O ato público, terá lugar dia 10 de maio de 2013, sendo que as candidaturas terão que ser entregues até às 20 horas do dia 8 de maio de 2013.
Para consultar a Hasta Pública n.º 5/HP/CCM/DP/2013, clique em:

Sem comentários:

Enviar um comentário