sexta-feira, 19 de abril de 2013

Miguel Araújo em Lisboa

Esta semana fui um dos felizardos que marcou presença no Concerto de Miguel Araújo. O local, mágico, Tivoli BBVA. Leram bem. Tem nome de banco no nome do teatro. Medida a ponderar para dar continuidade a muitos espaços culturais...

Miguel Araújo, conhece? Azeitonas? O tipo dos aviões e do marido das outras. Homem do norte, arrasou por Lisboa. Que grande voz e que simpatia na relação com o público.

De facto, vivemos sempre a valorizar quem canta em inglês, mas nós, cá no nosso cantinho, com a nossa língua, temos cantores fantásticos.

Letras giras, diferentes e um ambiente envolvente, num lugar fantástico fizeram desta semana mais um bom momento da nossa cidade. São momentos destes que fazem falta.

A cultura, que falta faz acarinhar e dar vida à cultura em Portugal. E a música portuguesa merece. Merece público presente e merece o nosso reconhecimento e apoio. São eles que levam a nossa língua, um dos nossos maiores patrimónios, mais além.

E deixo a homenagem à rua da rosa:


1 comentário:

  1. Estive envolvido no processo de negociação do naming do teatro tivoli, posso dizer-vos que inicialmente não foi uma ideia muita bem acolhida pelos agentes culturais. Mas dados os cortes aos apoios vinda da sec. da cultura a isso obrigou. Em bom tempo o fizemos, o tivoli não seria o que é hoje em termos de condições se não existisse esta parceria.

    Bom trabalho na divulgação da cultura que se faz em Lisboa

    ResponderEliminar