terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Fernando Seara e a suposta "Revolução Branca": necessidade desta confusão jurídica?



Havia necessidade disto? Havia mesmo necessidade desta confusão toda sobre a possibilidade de se poder ou não se candidatar depois de 3 mandatos?

Curioso é, até agora, as acções estarem concentradas no PSD e o movimento se chamar "Revolução Branca", vai-se lá saber porquê. Fico é à espera de saber se este zelo legal também será estendido a outros partidos... E que fique já bem claro, sob forma de disclaimer, que eu não me revejo em nenhum partido existente em Portugal, antes que os beatos do costume comecem a comentar sem conhecimento.

 Ou seja, quer se queira, quer não se queira, Fernando Seara começa a ficar manchado por razões legais que, infelizmente, não têm a sua responsabilidade pessoal, sendo apanhado pela total incompetência do legislador nacional.

Quer-se a Lei como fonte de Direito? Então aqui tem-se o resultado: uma perfeita degradação total e incompetência atroz que nos deve envergonhar a todos. Enfim...

2 comentários:

  1. Será que no Pensar Lisboa também podemos inicar uma providencia cautelar contra a recandidatura do Sr. Antonio Costa, contra a inércia na gestão da Cidade?

    ResponderEliminar
  2. Põe-se o povo a cantar Grandola e tudo segue sereno.

    ResponderEliminar