segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Metro Lisboa

Amanha não tenho Metro pela manhã. O prejuízo no meu local de trabalho é enorme. Estamos todos a correr para os objetivos. Mas os senhores do Metro nem estão aí para isso.
É gente que precisa de os cumprir para poder comer, colocar os filhos na escola e ter algo para poder comprar medicamentos. Mas os senhores do Metro nem estão aí para isso.
São portugueses que há anos vivem de duodécimos e não compreendem o histerismo na FP nem no meu setor.Mas os senhores do Metro nem estão aí para isso.
Não sei mais quem insultar, que mais pragas rogar nem o que fazer. Certo é que não desejo mal a ninguém... Mas os senhores do Metro nem estão aí para isso.
Agora ando de comboio... Nada melhor para ir de Alcântara para o centro de Lisboa.
O que me irá acontecer quando os senhores do Metro nem estão aí para isso e nem os da CP?
Enfim....
Ser Lisboeta e Português é complicado nestas alturas...
Principalmente quando os priveligiados empregados cuspem na nossa cara.
Mas os senhores do Metro nem estão aí para isso...
Respeito = zero.

Para vocês é interessante, como de novo, vos dedico uma canção de amor!


Sem comentários:

Enviar um comentário