quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Fusão



Por estes dias foi assinado o protocolo de fusão entre a Universidade de Lisboa e a Universidade Técnica. 

A conjuntura, a crise, a divisão de custos, o tal processo de ajustamento, levam a esta tomada de decisão. Gostei de ler a entrevista ao SOL dos dois reitores. Uma cooperação nos tempos que correm é bem salutar. 

Mas, ao ler esta fusão, será que não se poderia ter "entrado" a Universidade Nova de Lisboa?

Fica a dúvida. Para reflexão. 

1 comentário:

  1. Foi das melhores medidas tomadas. Esperemos acabar com redundâncias de cursos e tornar a nova Universidade numa instituição de renome. Quanto à questão que coloca, é de facto interessante. Penso que se trata mais de uma fusão com motivos históricos. Desde 1911 que estas duas universidades pretenderam unir-se, mas sempre com entraves.

    ResponderEliminar