sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Rubrica: Lisboa aos olhos de Martim de Botton


E para finalizar a semana, o Pensar Lisboa dá uma visão de um empresário da nossa cidade. Temos hoje Martim de Botton da Santini Lisboa, que nos fala de Lisboa. Um agradecimento pela disponibilidade e amabilidade em Pensar Lisboa. 
Pensar Lisboa - O que mais gosta na cidade de Lisboa?

Martim de Botton - O que mais gosto em Lisboa é a sua cor, especialmente a do por do sol a "bater" no castelo de São Jorge, e a proximidade a que a cidade está da praia.


Pensar Lisboa - O que menos gosta em Lisboa?
Martim de Botton - Do trânsito e da desorganização na construção. Não existe uma coerência e um estilo próprio em cada bairro.


Pensar Lisboa - O que mudava em Lisboa?
Martim de Botton - Limitava o trânsito no interior da cidade e criava cada vez mais zonas pedonais por forma a fomentar o comércio de rua.


Pensar Lisboa - O que recomendaria a um turista em Lisboa?
Martim de Botton - Tanta coisa que era preciso ficar cá pelo menos uma semana! Temos restaurantes óptimos, museus e momumentos com história como poucos, miradouros incríveis e passeios lindos pelos bairros mais típicos e à beira rio. Recomendaria também é que cada dia não terminasse sem um gelado no Santini!


Pensar Lisboa - Com que cor identifica Lisboa?
Martim de Botton - Com a cor característica desta cidade ao final do dia.


Pensar Lisboa - Numa palavra Lisboa é?
Martim de Botton - Casa

3 comentários:

  1. curti a entrevista. E gostei da dica para o turista :)

    ResponderEliminar
  2. Carlos, também eu. E adoro gelados Santini.

    ResponderEliminar
  3. Foi uma entrevista que pedimos por ocasião do 63º aniversário da Santini e que foi amávelmente atendida.

    ResponderEliminar