segunda-feira, 8 de outubro de 2012

5 de Outubro



E lá se passou mais um 5 de Outubro. O último com direito a folga, mas mais simbólico teria sido impossível.

Da bandeira ao contrário já todos brincaram e falaram muito. O que não faltaria se a pessoa que manda hoje em Lisboa fosse outra? Ui, de trapalhada a falta de preparação, lá viria o coro normal de ofendidos. 

Mas, como é esse futuro salvador da nação já ninguém leva a mal. E que brilhante discurso de António Costa em pleno Pátio da Galé. Com esta ideia de poupança, justificada pelo tempo... e deu para os dois lados: chuva e sol. 

Inovação, compromisso, apoio aos carenciados, uma visão para Portugal. O líder da Oposição falou. Depois o tipo que anda com a lanterna à frente, a correr o País, pobre Seguro, lá teve que dar uns berros e puxar por Soares e pelo regresso da folga do 5 de Outubro. 

No meio desta confusão, de papéis, bandeiras e posições trocadas permitam-me perguntar:

E Lisboa, caro António Costa?

Sem comentários:

Enviar um comentário