sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Lisboa - Madrid - Lisboa

Após uma semana fora do País e fora de Lisboa, o que se nota de novo?

Exacto, o Nada.... Nada de novo, tudo igual, a incompetência continua a mesma. Mentira: tirando o pormenor de na estação de Metro de Roma ter agora o tempo de espera para o próximo comboio.

No fundo, no fundo, e ressalvando as devidas diferenças, é nestas alturas que percebemos como Lisboa está à beira da "morte", à beira da total irrelevância, sem chama, sem perspectiva de futuro, sem um plano consistente. Quem me dera que Lisboa fosse isto à noite...




Será isto possível algum dia? Não, enquanto a incompetente e pérfida edilidade liderada por António Costa e afins continuar no poleiro.

É isto.

3 comentários:

  1. Meu caro
    Atenção ao tudo igual...
    É melhor restringir o expectro do comentário!
    Em matéria de país só três exemplos:
    - revelação do estudo das fundações
    - números das exportações
    - subsídio de desemprego + salário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Jorge,

      O escopo do post está perfeitamente definido: a crítica profunda ao estado de Lisboa, em comparação com Madrid, ressalvando, claro, as profundas diferenças entre os dois países.

      Posto isto: uma semana fora do País, de propósito, pus-me fora das notícias. Tirando o ponto 2, tudo o resto passa-me ao lado e pouco me interessa, muito honestamente e sendo politicamente incorrecto.

      Eliminar