segunda-feira, 2 de abril de 2012

Revista de Lisboa


Tudo o que fale de Lisboa e ajude a PENSAR LISBOA é de saudar. Sabemos hoje que vivemos o dia-a-dia e pouco paramos para reflectir, planear ou estruturar.

Vivemos também tempos de aperto financeiro e de contenção. Muito se fala em Lisboa de cortes aqui e ali, nas iluminações de Natal, nos buracos das estradas ou até em luz à noite. Mas surge mais um boletim informativo/revista/propaganda. Sim. Um boletim/revista/propaganda que tem 250 mil exemplares, 50 páginas e vem para ser trimestral. Uma distribuição gratuita.

Tem por lá publicidade. Será tudo pago pelos patrocínios? Esperemos que sim, ninguém compreenderia que em pleno tempo de contenção de custos se gastasse dinheiro em boletins/revistas/propagandas.

Não chega o livro que foi recentemente lançado? Poupem no papel meus senhores! O meio ambiente agradece e o lisboeta também!

2 comentários:

  1. Idem. Poupem no papel e já agora no plástico. Não havia necessidade alguma da revista nos chegar ao correio dentro de uma saqueta de plástico.

    ResponderEliminar