terça-feira, 20 de março de 2012

Rubrica: Lisboa aos olhos de Manuel Forjaz


Lisboa com esta luz e esta intensidade, é hoje pensada por um grande empreendedor. A visão de Manuel Forjaz chega ao Pensar Lisboa, a quem muito agradecemos a gentileza e simpatia.

Pensar Lisboa - O que mais gosta na cidade de Lisboa?
Manuel Forjaz - Do azul do céu, do Bairro Alto e Chiado. Da sensação de segurança a quase todas as horas. Do Verão com pouca gente. Da cerveja.

Pensar Lisboa -O que menos gosta em Lisboa?

Manuel Forjaz - Das barreiras entre a cidade e o rio. Mandava todas abaixo ou enterrava-as. Entre a Expo e Algés o rio tem de lamber a cidade. Da merda dos cães na rua.

Pensar Lisboa -O que mudava em Lisboa?

Manuel Forjaz - Muito pouco. Faria cumprir um regulamento municipal de transporte urbanos que acabasse com os furgões a bloquearem as ruas durante o dia. Entregava a arquitectura da cidade a quem sabe e acabava com as bizarrias arquitectónicas que ninguém compreende. Mudava o modo com funcionam os semáforos antecipados para o BUS. Obrigaria os "donos" da baixa pombalina a fazê-la habitada em 5 anos.

Pensar Lisboa -O que recomendaria a um turista em Lisboa?

Manuel Forjaz - Que ande a pé. Que visite a Bertrand do Chiado. Que coma uns croquetes na Versalhes e uns bifinhos strogonoff no Belcanto. Que visite a Gulbenkian e faça o passeio no rio de Alcântara até à Torre de Belém e acabado na Fund Champalimaud onde poderá beber um gin tonic na esplanada, a pé ou de bicicleta. Que faça o percurso do 28 e o dos carrinhos da GoCar. Suba ao Castelo e passeis nas ruas laterais de Alfama e Madragoa. Que jante no Bica e tente entrar no Lux. Que bebe um drink no Silk no Verão. Que visite e tome um pequeno almoço na cafetaria do Museu do Chiado. Que não perca o Zoo e o Aquário Vasco da Gama, e a Feira da Ladra.

Pensar Lisboa -Com que cor identifica Lisboa?

Manuel Forjaz - Azul e amarelo.

Pensar Lisboa -Numa palavra, Lisboa é...?
Manuel Forjaz - Energia

1 comentário: