quinta-feira, 8 de março de 2012

Rubrica: Lisboa aos olhos de João Gomes de Almeida

E hoje chega-nos mais uma visão de Lisboa. Temos o nosso amigo João Gomes de Almeida - Publicitário, bloguer e autor, um companheiro destas lides que vem Pensar Lisboa.
Pensar Lisboa - O que mais gosta na cidade de Lisboa?

João Gomes de Almeida - Seria trivial dizer que gosto da nossa luz, ideal para filmes e alegres paixões primaveris.
Prefiro dizer que o que mais gosto em Lisboa é das pessoas. É a única cidade de Portugal verdadeiramente cosmopolita e é ao mesmo tempo a mais boémia. Talvez por isso, seja também a mais culta.
Podíamos bem ser uma grande capital cultural europeia, temos as ideias e o capital humano, infelizmente o poder político não parece muito preocupado com isso. Talvez lhes devêssemos pagar umas viagens a Barcelona, Berlim ou Bruxelas, para que, como dizia o Miguel Esteves Cardoso, "se deixem fascinar pelas luzes". Podia ser que aprendessem alguma coisa.

Pensar Lisboa - O que menos gosta em Lisboa?
João Gomes de Almeida - Não gosto da insegurança nos transportes públicos, não gosto do preço das rendas e não gosto da mania que os lisboetas têm de terem um ou dois carros por habitante. Já era altura de fazermos o que há muito propôs o Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles, um pulmão verde. Investirmos na natureza, na nossa paisagem e no ordenamento urbanístico da cidade. Talvez faça falta um novo "Movimento Alfacinha", como o que existiu em 1984, em que várias personalidades como o Pedro Quartin Graça, o Luís Coimbra, o Paulo Trancoso, o António Eloy e outros, liderados pelo Gonçalo Ribeiro Telles, defenderam uma verdadeira agenda ambiental para Lisboa.

Pensar Lisboa - O que mudava em Lisboa?
João Gomes de Almeida - Corro o risco de me repetir. Fazia uma verdadeira aposta na projecção de Lisboa como uma das principais capitais culturais da Europa. Para isso teriam que existir mais espectáculos, mais feiras do livro, mais teatros, mais museus e um maior apoio a estas instituições por parte da Câmara Municipal. Esta é a melhor forma de atrairmos mais turismo e contornarmos a crise. Existe outra solução para ela?

Pensar Lisboa - O que recomendaria a um turista em Lisboa?
João Gomes de Almeida - Um almoço em Belém, um passeio à tarde na Baixa, dois gins no final da tarde na Bica, um bife ao jantar no Snob e um uísque bem servido no Frágil. Este seria o primeiro dia, depois o melhor seria consultar a agenda cultural. Como disse, há muita coisa boa por aí.

Pensar Lisboa - Com que cor identifica Lisboa?
João Gomes de Almeida - Azul e Branca. Lisboa tem sobre si a carga histórica de ter sido a capital de um grande império. É a cidade da Coroa, do Castelo de S. Jorge e da Torre de Belém. Por muito que a república o tente negar.

Pensar Lisboa - Numa palavra, Lisboa é...?
João Gomes de Almeida - Europa.

3 comentários:

  1. Gostei! Excelentes respostas do João. E sendo agora um pouco "mauzinho"... gostei do "Azul e Branco", mas não necessáriamente ligado à monarquia :)

    ResponderEliminar
  2. Lisboa é Linda

    Ò ti Maria cheira a ratos assados

    ResponderEliminar