quinta-feira, 1 de março de 2012

Rubrica: Lisboa aos olhos de Alexandre Ferreira


Ontem foi dia de Alexandra, hoje é dia de Alexandre! No Pensar Lisboa de hoje, chega-nos a visão do actor Alexandre Ferreira, a quem agradecemos a partilha e total disponibilidade de colaborar no nosso espaço.

Pensar Lisboa - O que mais gosta na cidade de Lisboa?
Alexandre Ferreira - O rio, que transforma as duas margens em ilhas comunicantes, com um Cristo Rei a abarcar Lisboa. A luz, os miradouros, o Castelo, toda a zona junto ao rio. Acho que é uma cidade aberta, que respira e que acolhe.


Pensar Lisboa - O que menos gosta em Lisboa?
Alexandre Ferreira - Gostava de andar de bicicleta em Lisboa, sem ter que fazer treinos de montanha, sem me preocupar com os condutores mal educados e com os carris dos eléctricos. Não gosto da sujidade nas ruas nem dos buracos nas estradas. Não gosto dos prédios abandonados. 


Pensar Lisboa - O que mudava em Lisboa?
Alexandre Ferreira - Não digo terraplanar Lisboa, mas que se podiam abrir mais avenidas e ruas largas, podiam. E acho que a calçada portuguesa é linda de se ver... Em museus. 


Pensar Lisboa - O que recomendaria a um turista em Lisboa?
Alexandre Ferreira - Ir a todos os miradouros e passear junto ao rio, ir ao Chiado, ao Bairro Alto à noite e durante o dia, subir ao cimo do Parque Eduardo VII, comer numa tasquinha, e num restaurante de luxo, ir à zona da Expo, ir ao Lux, ao clube Ferroviário, à Fonte Luminosa à noite (se estiver a funcionar), à Torre de Belém, aos Jerónimos e comer um pastel de nata e ir ao outro lado do rio e ver a cidade vista de lá de noite e de dia. E pronto... Andar num eléctrico velhinho, vá, o 28. 

Pensar Lisboa - Com que cor identifica Lisboa?
Alexandre Ferreira - Branco mármore.


Pensar Lisboa - Numa palavra, Lisboa é...?
Alexandre Ferreira - Menina

Sem comentários:

Enviar um comentário