quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Meter a foice em Seara alheia

Ontem na Assembleia Distrital, e durante a sessão de apresentação do livro "Contributos para uma social-democracia portuguesa" o Presidente da Distrital do PSD de Lisboa aproveitou para, a despropósito, se dirigir a Fernando Seara dizendo:


Claro que perante a impossibilidade de ser candidato à CM Sintra, e perante a óbvia candidatura de Carlos Carreiras à Presidência da CM Cascais, iniciou-se logo a especulação sobre uma candidatura de Fernando Seara a Presidente da CM Lisboa.

Mesmo num cenário hipotético, tenho a dizer desde já que sou completamente contra. Tal como escrevi em Dezembro 2011, num artigo de opinião publicado num jornal local, findos 3 mandatos não deveria ser possível fazer mais 3 num concelho diferente.

Fernando Seara poderá ter feito um bom trabalho em Sintra. Não sei. Não posso avaliar porque desconheço. Mas isso não é condição necessária e suficiente para que fizesse o mesmo em Lisboa. São realidades completamente diferentes. Muito diferentes!

Lisboa precisa de quem a ama, de quem a conhece, de quem a analisou, de quem a estudou, de quem a pensou. Lisboa precisa de quem tenha um conhecimento profundo da sua realidade. E, no caso do PSD, há uma equipa que o tem feito nos últimos anos.

1 comentário:

  1. Meu caro Luís!!

    Não vou aplaudir no computador. Mas digo-te que tocas num ponto muito importante. A limitação de mandatos ser ou não ser de 3 anos!

    É que ou há limitação à séria, ou isto é apenas rodar a cadeira.

    Compreendo o teu ponto e concordo.

    ResponderEliminar