terça-feira, 15 de novembro de 2011

Um bom exemplo

Lisboa é capital, mas Lisboa precisa de olhar para as diferentes cidades e aprender. Um bom exemplo chega-nos de Castelo Branco:

Projecto combate violência com intervenção de jovens e crianças

A Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento de Castelo Branco está a testar uma forma de combate à violência entre os mais novos em que são os próprios jovens e crianças a intervir, anunciou a instituição.

O projecto "A Vida a Cores" tem como objectivo desenvolver competências pessoais, sociais e escolares em alunos dos 6 e os 18 anos e arrancou este ano lectivo com uma actividade de formação designada "De par em par, uma escola sem bullying".

A meta é que "passem a ser os alunos a ministrar a formação, fugindo à tradicional metodologia de formador e formandos", destaca a associação em comunicado.

Para já, a metodologia está ser testada com alunos de uma turma CEF de 9.º ano do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva de Castelo Branco.

O sistema "implica um esforço adicional por parte dos formandos que são, ao mesmo tempo, formadores, uma vez que a preparação das formações por parte dos vários grupos acontece em horário extra curricular", acrescenta.

Para além do bullying, outros temas serão abordados no decorrer do período lectivo.

O projetco conta com o apoio de toda da Escola Básica 2/3 Afonso de Paiva de Castelo Branco e está integrado no Programa Escolhas, que aposta em políticas de inclusão social em vários pontos do país.

Sem comentários:

Publicar um comentário