quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Roseta e Costa, Costa e Roseta



Ontem ficou visível a união da vereação que governa Lisboa.

Helena Roseta, numa altura de dificuldades, voltou a puxar dos galões de candidata "independente". Hoje é vereadora da Câmara de Lisboa e sim, faz parte da gestão do dia a dia desta cidade. Chama a atenção para a insensibilidade do "rigoroso" Costa. Mas só descobriu agora? Estar dentro de um executivo pressupõe solidariedade e sobretudo harmonia de opiniões. Vir para fora dizer que não é a pessoa certa para a gestão da acção social da Câmara não pode ficar por meias palavras ou processos de intenções.

Ou está ou não está! É importante reter que contribuiu e muito para que o "rigoroso" Costa continuasse a sua acção num lugar para o qual não gosta e não tem sensibilidade

Sem comentários:

Publicar um comentário