sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Rubrica: Lisboa aos olhos de João Querido Manha


Vem aí o Futebol Nacional com a Festa da Taça de Portugal, mas antes podem ler a entrevista ao Jornalista João Querido Manha sobre a “sua cidade”. Um agradecimento por nos ter concebido esta conversa
Pensar Lisboa - O que mais gosta na cidade de Lisboa?
João Querido Manha - Gosto de entrar na cidade ao fim da tarde, vindo do Sul, por qualquer das pontes. Quando isso acontece em simultâneo com um carro de matrícula estrangeira tento imaginar o impacto extraordinário que aquela visão deve proporcionar aos seus ocupantes e imagino o seu deslumbramento.

Pensar Lisboa - O que menos gosta em Lisboa?
João Querido Manha - O desordenamento, a sujidade e o trânsito nas zonas históricas, mas acima de tudo o vandalismo a que alguns chamam graffiti.

Pensar Lisboa - O que mudava em Lisboa?
João Querido Manha - A prioridade seria a reabilitação urbana das zonas históricas, através de programas municipais que recuperassem a habitabilidade e a vida social. É urgente possibilitar que volte a haver pessoas na cidade.
Pensar Lisboa - O que recomendaria a um turista em Lisboa?
João Querido Manha - Um passeio de eléctrico (o 28, claro) com paragens na Estrela, no Chiado, Rua da Conceição, Miradouro de Sª Luzia e Graça, seguido de um passeio a pé ao Castelo e descida até ao Martim Moniz.

Pensar Lisboa - Com que cor identifica Lisboa?
João Querido Manha - Como sou ligeiramente daltónico, permito-me chamar-lhe azul luminoso.

Pensar Lisboa - Numa palavra, Lisboa é...?
João Querido Manha - A minha cidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário