segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Pedido para publicação no Pensar Lisboa

Em 2008 fui convidado a participar no Orçamento participativo da CML, no qual constava um projecto de criação de um Parque Infantil + Espaço Verde na Quinta dos Barros. Felizmente foi um dos 5 projectos vencedores, com um orçamento de 350.000 euros.

O que aconteceu depois é ilustrativo da péssima gestão camarária que temos actualmente:
- No dia 10 de Outubro de 2009 (véspera de eleições autárquicas) foi colocado um cartaz no espaço destinado à obra a anunciar o seu inicio
- Inicio esse que só se deu em Julho 2010, terminando 2 meses após
- Hoje, a Outubro de 2011, o que temos nesse espaço é visível nas fotos em anexo: não existe espaço verde, mas sim um atulho de lixo; O parque não tem qualquer manutenção, sendo já visíveis alguns sinais de degradação e carece de iluminação, pois de noite o parque transforma-se num baldio escuro e perigoso. Enfim, apenas um de muitos exemplos da inacção deste executivo camarário que insiste em não existir, deixando uma Lisboa cada vez mais triste e abandonada.

NL

2 comentários:

  1. Se fosse uma ciclovia aposto que já estava feita

    ResponderEliminar
  2. Mais uma prova de que o orçamento tem muito de propaganda e pouco de seriedade

    ResponderEliminar