quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Não sejas urso

Quem anda de Metro em Lisboa já presenciou episódios de falta de civismo, respeito ou educação por parte de várias pessoas. O facto é que cada vez mais é complicado viver saudavelmente em sociedade.

Nesse sentido, a Metro de Lisboa e o Centro de Arte e Comunicação Visual (AR.CO) desenvolveram uma campanha para sensibilizar os utentes para determinados comportamentos e atitudes que deverão respeitar.

Esta primeira campanha chama-se "Não sejas urso" e tenho a certeza que muitos de vós reconhecerão os comportamentos lá ilustrados.

Ver campanha "Não sejas urso" - parte 1
Ver campanha "Não sejas urso" - parte 2

Post Scriptum: Infelizmente, os mesmos comportamentos podem ser vistos em outros locais e transportes públicos.

3 comentários:

  1. Sem dúvida uma boa iniciativa e muito original. É realmente muito comum as pessoas quererem entrar antes de as outras saírem... devem ter medo de não conseguir um lugar sentado!

    ResponderEliminar
  2. É verdade Ana. Parecem animais, nem sequer deixam sair as pessoas. Eu, porque detesto multidões e empurrões, fico sempre para último propositadamente. No autocarro é a mesma coisa, nunca me ponho na fila ao lado da paragem. Coloco-me à parte e entro em último. Não me importo de ir em pé.

    ResponderEliminar
  3. De resto, já por milhares de vezes comentei com amigos o facto de em Paris, nas escadas rolantes do metro, toda a gente que quer ir parada se encosta à direita, e deixa a esquerda para quem quer passar. Aqui (seja no metro ou nos centros comerciais) ninguém quer saber de quem vem atrás.

    ResponderEliminar