sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Constatação de que 2013 anda a ser muito pensado

Consta que o meretíssimo, de tez profundamente morena, Presidente da Câmara de Lisboa fez uma conferência de imprensa para fazer o balanço de dois anos de mandato;

Consta que disse que se 2013 fosse já aí ao virar da esquina recandidatava-se (naturalmente que sim, tem o outro, segurissimo, a ser queimado na cadeira que pelos vistos parece ambicionar, fica-lhe bem dizer este tipo de coisas);

Consta que fez um balanço positivo do mandato, fez a apologia disto e daquilo relacionado com o Rio e mais umas quantas belas frases e lamentando-se do que não fez;

Consta que teve a ideia de criar mais uma taxa, mais uma taxa para ajudar ali as finanças da câmara que são um espelho do país (oh não fosse a capital, desde sempre, a vanguarda das tendências nacionais);

Consta que, no seu mandato, a cidade estará melhor, mais bem equipada, todas essas frases bonitas que um bom demagogo, à lá Cícero, manda num discurso fluente, qual catedrático, a falar de pé (se é que li bem...);

Consta que este tema já foi aqui tratado, por excelsos e irrepreensíveis colegas de blogs, em "postadas" cheias de veneno certeiro;

Consta-me que todos os dias passeio por Lisboa e continuo a ver a mesma cidade: suja, poluída, mais preocupada se o verdejante fica bem sob a forte luz diurna deste Verão fora de tempo; de prédios a cair para o lado, quais Torres de Pisa mas sem um mínimo de estética turística (e ainda têm ideias de o Woody Allen filmar cá...);
 
Consta-me que todos os dias vejo uma cidade a definhar, desde há muitos anos atrás, com planos dispersos sem qualquer profundidade ideológica e visão a médio/longo prazo, v.g., 12/16 anos;
Consta-me que alguém que reze muito, mas mesmo muito, para que sejamos salvos da desgraça socialista que, em vez de começar a cortar com as gorduras camarárias (oh se não as há!) e redimensionar o tamanho da câmara, devolvendo a cidade aos seus habitantes, permitindo que ela se revitalize e se torne um dos pólos da Península Ibérica do Turismo e da Cultura;

Consta-me que devo ter escrito demais, mas também consta-me que já não escrevia há algum tempo e que daqui a bocado joga o meu Benfica

Sem comentários:

Enviar um comentário