terça-feira, 18 de outubro de 2011

Alfama-te


Há muitas formas de se viver uma cidade. Mas nenhuma é tão rica quanto a de conhecer os seus habitantes. O maior problema das cidades, actualmente, é o alheamento dos seus habitantes e uma notória perda da noção de comunidade. Isto reflecte-se desde logo no desmazelo com os espaços públicos ou a indiferença perante o vandalismo e a destruição.

Lisboa, como tantas outras cidades, precisa resolver este problema e tem uma enorme vantagem: os seus bairros históricos e o bairrismo que as suas comunidades ainda preservam.

Vale a pena descobrir estes bairros e os seus moradores. É isso que o Alfama-te promove. Esta pequena empresa inovadora lançada por dois jovens empreendedores tem na sua principal actividade a organização de jantares convívio entre desconhecidos, que à mesa descobrem o bairro e conhecem outros lisboetas. É uma excelente homenagem a Alfama: promover o convívio entre lisboetas. Podem gostar do alfama-te no facebook para estarem a par de todas as iniciativas e, já agora, experimentar... Eu recomendo!

1 comentário:

  1. Clarissimo Rui. De facto, ouvir os seus moradores. Conhecer as suas realidades deve ser a primeira forma de melhor conhecer Lisboa.

    ResponderEliminar