sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Introdução a um pensamento sobre Lisboa

Pensar Lisboa não é uma actividade estéril, desprovida de qualquer sentido útil, ou apenas um reflexo de uma espiral labirinstica de ideias conexas. Lisboa precisa de uma ideia, de uma ideologia por detrás, de um plano, de uma visão a médio/longo prazo. Lisboa partilha do mesmo problema do país em geral: não existe um plano consistente que seja seguido de forma coerente, e que tenha uma profundidade ideológica que seja minimamente cativante para mobilizar os lisboetas.

Quando fui convidado para integrar este projecto, acima de tudo, inteligente e indispensável para uma dinamização por Lisboa e para Lisboa, a primeira ideia que me ocorreu foi embarcar numa viagem ideológica e expôr um plano a médio/longo prazo para a nossa cidade. Nos próximos dias uma série de pequenos post's irão traçar uma imagem para Lisboa, subordinada à seguinte ideia: "Lisboa não nasceu virada para a Europa, mas sim para o Atlântico."

Não percam os próximos episódios...

3 comentários:

  1. Ui...vamos lá ver o que ai vem.. para já o titulo é sugestivo! Vamos lá Descobrir Lisboa!:p

    ResponderEliminar
  2. A descoberta irá ser lenta, as ideias irão surgir como meros prólogos das próximas. Irá ser uma viagem interessante, isso eu prometo!

    ResponderEliminar
  3. Qual Odisseia qual quê... vamos lá entao! eheh

    ResponderEliminar